Polícia realiza reconstituição do assassinato do Sargento Arruda

Sargento Paulo Sérgio de Arruda de 42 anos, foi morto no mês passado, na residência onde morava o padre Edson.

Foto: Maury Jr.

A imprensa da região marca presença na Reconstituição do assassinato do sargento Paulo Sérgio de Arruda, 42 anos, no mês passado, na residência onde morava o padre Edson.

Presentes na encenação que levou a morte do policial araraquarense o padre, os policiais militares que estavam à paisana acompanhando o sargento, o garagista, o motorista dele e um dos acusados.

O delegado Marlos Marcuzzo, que comandou os trabalhos, determinou a todos da imprensa e curiosos que deixassem a área isolada e isso atrasou em cerca de dez minutos o início previsto.

Segundo informações, autoridades aguardarão os resultados do laudo pericial para falar sobre o assunto com a imprensa ou mudar os rumos das investigações.    


Fonte: Maury Jr.


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários