Matão celebra 70 anos de Corpus Christi

História do principal evento da cidade foi resgatada com a reprodução de tapetes de rua de décadas anteriores


Tradição, arte e fé marcaram a 70ª edição da Festa de Corpus Christi de Matão. A ornamentação de 12 quarteirões em formato de cruz na área central da cidade teve início às 4 horas da manhã de ontem (quinta-feira, dia 31). Além dos tapetes de rua seguirem o tema da Campanha da Fraternidade 2018 – ‘Fraternidade e Superação da Violência’, o diferencial do evento neste ano foi o resgate de desenhos feitos em décadas anteriores, mostrando um pouco da história da tradicional festa turístico-religiosa do município. Muitos visitantes puderam acompanhar todo processo de confecção dos ornamentos.

Novamente, o trajeto decorado para a procissão começou em frente à Igreja Matriz, na Rua José Bonifácio, seguindo pela Avenida 28 de Agosto, Rua Rui Barbosa, Avenida XV de Novembro, Rua Prudente de Moraes, Avenida 7 de setembro, novamente pela Rua Rui Barbosa, Avenida Siqueira Campos e Rua José Bonifácio, retornando ao ponto de partida. Alunos de escolas municipais, estaduais, federais, particulares, membros de comunidades católicas e voluntários utilizaram cerca de 60 toneladas de dolomita (carbonato de cálcio) tingida em cores variadas para a confecção dos enfeites de rua. Os quadros feitos nas esquinas, que intercalam os tapetes, foram feitos por artistas plásticos locais e da região.

A programação de atividades já havia começado na quarta-feira (30) com a abertura da 21ª Expoflor na Praça ‘Alfredo de Paiva Garcia’, com os camelôs em volta do Conjunto Poliesportivo ‘Laert José Tarallo Mendes’ e o Bar do Kuka na Praça Central ‘Dr. Leônidas Calígola Bastia’. Já durante o feriado de Corpus Christi, outras apresentações musicais aconteceram na praça central, assim como a praça de alimentação organizada por entidades assistenciais locais, além da feira de artesanato (reunindo trabalhos de aproximadamente 100 artesãos) e exposições na Casa da Cultura, como a homenagem a Victorio D’Agostino – escolhido para o projeto ‘Artista na Rua’ deste ano, coordenado pela artista plástica Rita Bessi.

 

INFRAESTRUTURA

A Prefeitura de Matão, por meio de todas as secretarias municipais, providenciou toda a infraestrutura da festa religiosa, como segurança aos visitantes e munícipes, instalação de banheiros químicos, cuidados com eletricidade, disposição de barracas, Bombeiro Civil e outras solicitações. Comunidades católicas também participaram da realização desta edição comemorativa de Corpus Christi com o auxílio na escolha dos desenhos que ornamentaram as ruas.

Estiveram presentes no evento o prefeito Edinardo Esquetini e sua esposa Viviane, o governador Márcio França, os deputados estaduais Orlando Bolçone e Itamar Borges, além do deputado federal Arnaldo Jardim e outras autoridades. Secretários e diretores municipais, vereadores e um grande público formado pela população local e visitantes de toda a região também participaram da 70ª Festa de Corpus Christi de Matão.

De acordo com o prefeito Edinardo Esquetini, esta é uma verdadeira manifestação de arte e fé, com a participação da população e da Igreja Católica, demonstrando toda a fraternidade, amor e esperança da cidade. “Marcar 70 anos de história nas ruas de nossa cidade é fundamental para manter a tradição desta comemoração com nossa população. Sempre queremos planejar uma festa com a participação mais efetiva da Igreja Católica e dos matonenses, reunindo sempre a arte que representa a cultura e a fé. Mesmo com este problema da paralisação dos caminhoneiros nas estradas do país, conseguimos realizar uma festa maravilhosa”, finaliza o prefeito.

 


Fonte: AIP


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários