Grupo ‘Marias’ se apresentou em Araraquara

Coral formado por dez mulheres participou da ‘Tertúlia de Artes’


O grupo vocal ‘Marias’, sob a regência de Danilo Gomez, esteve em Araraquara no último dia 24 para participar da ‘Tertúlia de Artes’, no Arte 220 – Espaço Criativo. Na oportunidade, o grupo fez a abertura dos trabalhos apresentando músicas de Chiquinha Gonzaga, Alceu Valença, Zé Ramalho e Milton Nascimento. O evento foi organizado pelos artistas plásticos Euzânia Andrade e Lauro Monteiro.

Após a apresentação do ‘Marias’, teve início a Tertúlia com a artista plástica, escultora e ilustradora Olga Neves, que veio ao Brasil pela primeira vez. A Tertúlia, segundo a organizadora Euzânia Andrade, é um espaço em Portugal onde as pessoas se reúnem para conversar sobre assuntos diversos. Este conceito foi traduzido para o Brasil com foco maior para as artes e a cultura.

O grupo ‘Marias’ é formado por mulheres apaixonadas por música que, sob a orientação de Danilo Gomez, pesquisam arranjos musicais para dar vida ao canto coletivo. “Nosso trabalho é voltado para a musicalidade nordestina. Foi muito bom participar da Tertúlia, onde há intercâmbio de experiências em diferentes linguagens artísticas. Agradecemos a Euzânia Andrade e o Lauro Monteiro pela acolhida, além dos presentes pela interação com o grupo durante a apresentação”, relata.

Julio Ribeiro, diretor do Departamento de Cultura, acrescenta que o grupo Marias tende a se destacar no cenário musical de Matão, por ser formado exclusivamente por mulheres. “As participantes são muito dedicadas e sensíveis. É uma grande felicidade tê-las conosco. Reitero nossos agradecimentos ao prefeito Edinardo Esquetini pelo apoio e incentivo às realizações ligadas ao Departamento de Cultura”, salienta.

‘MARIAS’

Formado por mulheres, o grupo foi criado em outubro de 2017 por intermédio da Prefeitura de Matão (Departamento de Cultura) e do Centro de Referência da Mulher ‘Nica Pinotti’. Assim, Danilo Gomez – músico, compositor e diretor da Divisão de Formação Cultural do Departamento de Cultura – assumiu a regência do grupo.

Sob sua supervisão, dez mulheres dedicadas à musicalidade brasileira pesquisam arranjos e ensaiam semanalmente para dar vida ao canto coletivo. ‘Marias’ representa a garra de mulheres que vão além de seus afazeres cotidianos para se expressarem por meio da música.

 


Fonte: AIP


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários