Bruxa Malabé aprontará no Sesi

Com entrada gratuita, peça com bonecos será apresentada na sexta-feira (20)


No próximo dia 20 (sexta-feira), às 20 horas, o Centro de Atividades ‘Professor Azor Silveira Leite’ (Sesi-Matão) apresentará, numa das quadras externas, a peça teatral ‘A Bruxa Malabé’. “Ao convidar o público para mergulhar no universo infantil, o espetáculo aborda com leveza as relações e os sentimentos humanos, como o amor e o medo”, cita Alexandre Minghin, diretor do Sesi-Matão e do Sesi-Araraquara.

“Nessa história, tudo começa em um vilarejo distante, onde uma mulher e seus cinco filhos viviam a recitar versos e a cantarolar. Um dia, decidida a ir até o mercado, a mãe parte para a cidade e deixa as crianças sob a tutela dos vizinhos que, inocentes, caem nas traquinagens da Bruxa Malabé”, resenha Danielle Divardin, mediadora cultural do Sesi-Matão.

A Bruxa Malabé, malvada feiticeira, usa sua persuasão e seu horrível bastão para enfeitiçar e transformar as crianças em trecos e cacarecos, das chaleiras aos penicos. Então, para salvar seus filhos, a mãe começa sua aventura. Guiada por um pássaro falante e de voz vibrante, ela correrá contra o tempo para impedir que o feitiço se concretize com o sumiço de Malabé.

“Em cartaz há dez anos, o espetáculo é uma adaptação da obra ‘A Bruxa Salomé’ (1996), de Audrey Wood. Estimulando o encontro com personagens fantásticos, como a bruxa e o herói, o espetáculo adaptado brinca com a imaginação das crianças por meio de artistas fantasiados e da manipulação de bonecos”, comenta Danielle.

“O espetáculo integra o projeto ‘Território Sesi-SP de Arte e Cultura’, que visa incentivar e difundir a produção artística regional”, completa Alexandre. A duração da peça é de 45 minutos, com classificação indicativa livre. A entrada é gratuita. Reservas antecipadas pelo Meu Sesi (www.sesisp.org.br/meu-sesi). Mais informações: 3383-9150 e pelo site: https://matao.sesisp.org.br/

 

FICHA TÉCNICA

O texto deste teatro de bonecos é de Dino Bernardi e Ana Luiza Gentil. Direção, cenografia, adereços, iluminação, concepção de bonecos, concepção de figurino e maquiagem: Dino Bernardi. Elenco: Fabrício Papa, Tania Alonso e Thaís Foresto. Confecção de figurino e de bonecos: Zezé Cherubini. Pesquisa musical: Caio Marco, Dino Bernardi e Cia. Cornucópia de Teatro. Música: André Magalhães Fernandes e Claire Jezéquél. Operação de luz: Cinthia Vendruscolo. Fotografia: Leonardo Granelly. Produção cultural: André Fernandes. Realização: Usiarte Produções.


Fonte: Rogério Bordignon


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários