Lindolfo Silva vence torneio de xadrez na Sorema

Salão de Jogos Oásis foi o local da segunda edição da competição, no último dia 13


No último dia 13 foi realizada a segunda edição do torneio anual ‘Sorema Aberto de Xadrez’, parceria do Clube de Xadrez de Matão (CXM) com a Sociedade Recreativa Matonense, contando com medalhas e troféus cedidos pela Secretaria Municipal de Esporte, Lazer, Turismo e Juventude. Desta vez, os campeões foram Lindolfo Silva (masculino) e Emi Abekawa (feminino), ambos de Araraquara.

Lindolfo marcou 5,5 pontos e Emi, 2,5. No masculino, o vice foi Renê Fernandes (Araraquara), que obteve os mesmos 4,5 pontos do matonense Fernando Frare, mas vencendo por critério de desempate. Frare organizou e arbitrou o torneio. No feminino, a vice foi Taynara Barros (2 pontos); a terceira colocada, Lumi Abekawa (2); e a quarta, Nicole Rangel (1), sendo estas três também de Araraquara.

O torneio foi disputado no Salão de Jogos Oásis, da Sorema, em Sistema Suíço (seis rodadas com 21 minutos cada), com a participação de 24 jogadores: 12 de Araraquara, dez de Matão, um de Itápolis e um de Jaboticabal. Também receberam medalhas: Celso Santos (4º lugar, Araraquara), Rafael Masselani (5º, Matão), Fernando Godoy (6º, Araraquara) e Fabiano Vidoto (7º, Matão).

Outras medalhas foram entregues aos três primeiros colocados da categoria Sub-16: Matheus Passerini (campeão, 3,5 pontos, Matão), Bruno Cruz (1,5, Araraquara) e Camila Gregório (1, Matão). “Parabéns a todos os premiados e participantes. A Sorema mantém suas portas abertas ao xadrez de Matão e região, para ser parceira na continuidade e avanços deste fundamental desporto com tudo o que ele oferece a quem o pratica”, resume o presidente do clube, José Matturro.

“Muito obrigado ao presidente Matturro pela parceria da Sorema com o CXM; ao secretário municipal de Esportes, Sebastião Trigo; e ao diretor municipal de Esportes, Elci Oliveira, por terem disponibilizado os troféus e as medalhas. Obrigado e parabéns ao pessoal de Araraquara e aos amigos de Itápolis e Jaboticabal. Esta segunda edição foi preparada em cima da hora. Para 2019, almejamos um torneio com mais participantes”, estima Frare.


Fonte: Rogério Bordignon


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários