José Aldo diz que doping suja carreira de Anderson Silva

Peso-pena garante que toma cuidado com o que ingere para não correr risco de testar positivo no exame antidoping.

José Aldo
Foto: Marcelo Barone

Apontado como um dos maiores lutadores da história do MMA, Anderson Silva foi flagrado no exame antidoping pela segunda vez na carreira. Spider - que havia testado positivo em 2014 - novamente recebeu uma notificação da USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) duas semanas atrás pelo mesmo motivo. As substâncias ilegais não foram reveladas pela entidade por enquanto, contudo, o caso pode abreviar a carreira do brasileiro.

Ex-campeão peso-pena do UFC, José Aldo acredita que a trajetória do compatriota será manchada após um novo caso de doping e diminui a dimensão de Anderson Silva, conforme declarou no "Media Day" promovido pelo Ultimate, na segunda-feira.

- Querendo ou não, reduz bastante. Ele foi pego duas vezes. Se fosse uma... duas vezes pode condená-lo a isso. Pode atrapalhar, sim, sujar a carreira dele, que, para mim, foi uma das melhores. É difícil falar do Anderson, se é ou não é. Ele é um ídolo para mim e para os amantes do MMA. Não posso falar muito a respeito, não soube de muitas coisas. O Junior Cigano é um cara que se trata na mesma médica que eu, tem a mesma linhagem, mesma doutrinação. Não creio que possa ter tomado algo de melhora de performance ou do tipo. Acho que ele é muito mais inocente do que culpado. Já o Minotouro eu também não sei como foi. Os atletas pecam bastante ainda, querem se medicar sem consutlar o médico. A WADA muda bastante os componentes que são doping, recebemos email toda hora falando o que é, o que não é. Às vezes, há deslizes, isso acontece - declarou o manauara, comentando os recentes casos de doping envolvendo Cigano e Minotouro.

No MMA profissional desde 2004, José Aldo nunca foi pego em qualquer tipo de exame antidoping. E ele afirma que isso se deve ao cuidado que tem quando precisa ingerir suplementos ou até mesmo remédios triviais, cujas substâncias podem estar dentre as proibidas pela USADA.

- Isso suja uma carreira, hoje em dia, muitos fãs, jornalistas e pessoas do meio falam que o Anderson só foi campeão porque foi dopado. Isso suja a carreira. Tento tomar todas as precauções, fazer exatamente da maneira que tem que ser feito. Antes de iniciar o camp, mando email para a USADA e para a WADA falando tudo o que vou tomar e, quando liberam, a gente começa. É uma precaução que não só eu, mas todos os atletas precisam tomar.


Fonte: Combate


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários