Desacato a médica do Pronto Socorro

Paciente se irritou por ter que passar por triagem e ofendeu a profissional

Foto: Ilustrativa

Uma moradora da Nova Matão foi até o Pronto Socorro para ser atendida, pois não estava passando bem. Uma médica a atendeu e disse que a paciente teria que passar por Triagem.

Neste momento, a paciente se alterou, e disse que jamais queria ser atendida por uma médica que tem tatuagens, pois ela seria de presídio e que iria mata-la. Constrangida, a profissional acionou a Polícia Militar.

Os policiais foram até o Pronto Socorro, registraram o boletim de ocorrência de Constrangimento, Ameaça, Desacato e Injúria. A paciente não foi localizada, mas os dados dela foram localizados no sistema.


Fonte: Maury Jr.


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários