Prefeito anuncia projetos para 2018

Coletiva de imprensa aconteceu na sexta-feira (15)

Secretário Ivan Serigato Jr., Prefeito Edinardo Esquetini, Presidente da Câmara Valter Trevisaneli e o vice-prefeito Moacir Matturro
Foto: Carol Salvini/ A Comarca

O prefeito Edinardo Esquetini reuniu jornalistas, secretários e vereadores para uma entrevista coletiva realizada na manhã da sexta-feira (15), no Gabinete da Prefeitura, onde anunciou três projetos para a cidade, previstos para começar em 2018.

Edinardo também afirmou que já está liberada a Ordem de Serviço para dar continuidade às obras do Túnel da Liberdade II. O prefeito ainda anunciou as realizações do Show da Virada e do Carnaval, que terá uma novidade: além da festa na Praça ‘Alfredo de Paiva Garcia’, será realizado um baile de marchinhas antigas no Ginásio de Esportes ‘Décimo Chiozzini’.

Já os projetos anunciados pelo prefeito são relativos ao Distrito Industrial de Silvânia, à Pedreira Municipal e a um novo Plano Habitacional.

 

DISTRITO INDUSTRIAL

A Prefeitura pretende aumentar a área do Distrito Industrial de Silvânia em 10 alqueires, o que corresponde ao dobro do tamanho atual. Há também a espera da liberação de uma emenda cuja verba será destinada a melhorar a malha viária do local e duplicar o túnel de passagem de veículos por debaixo da linha férrea.

 

PARQUE DA PEDREIRA

Através de uma PPP (Parceria Público-Privada), a Prefeitura pretende construir um Parque Ecológico na área da antiga Pedreira Municipal, que contará com diversos atrativos para a população, incluindo lago, local para realização de eventos com concha acústica, pista de bicicleta, skate e patins, restaurantes, quiosques, quadras esportivas, espaço fitness, centro ecumênico e até um mini zoológico. A área do parque equivale a 219 mil m² e a obra está estimada em R$ 12 milhões. Segundo a Prefeitura, já existem interessados em participar da parceria para a realização do projeto.

O Canil Municipal, situado atualmente na área da antiga Pedreira, será transferido para outro local ainda a ser definido.

 

PLANO HABITACIONAL

A intenção da Prefeitura é entregar, em um prazo de três anos, 2.700 moradias. Os lotes (de 160 m²) ficam em uma área ao lado do local onde foi realizada a Festa do Peão (Portal Terra da Saudade). De acordo com a administração municipal, atualmente há um déficit habitacional de 7.300 moradias em Matão. As obras também devem ser realizadas através de PPP (Parceria Público-Privada). Segundo a atual gestão, este seria o maior plano habitacional já desenvolvido no município.

 


Fonte: Carol Salvini/Jornal A Comarca


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários