Como proteger seu PC e celular durante as férias de verão

Mesmo nas férias, o PC e o celular são constantes na vida das pessoas

Foto: Ilustrativa

Todo mundo quer aproveitar o verão, seja na folga de fim de ano para a maioria dos adultos, ou nas férias escolares para crianças e adolescentes.

Por isso, muita gente vai aproveitar o tempo livre em outras cidades com praias, parques, e outros lugares ideais para se divertir e descansar - até mesmo em outros países, dependendo dos casos.

Isto não quer dizer, porém, que você vai estar longe do PC ou smartphone - particularmente se precisar trabalhar remotamente durante este período. E caso não tenha cuidado, pode estar suscetível a sofrer com vírus e possíveis brechas de segurança nestes locais.

Por isso, separamos algumas dicas básicas sobre como proteger seus dispositivos eletrônicos enquanto aproveita sua folga.

 

Mantenha tudo atualizado

Seja com smartphones, PCs, aplicativos ou jogos, é sempre importante manter tudo o que você tem ou usa regularmente com as atualizações mais recentes.

Por meio destes updates, desenvolvedores e empresas são capazes de corrigir bugs e problemas que, em certos casos, podem afetar a segurança dos seus dados pessoais armazenados nestes dispositivos.

 

Não se conecte a redes desconhecidas e/ou desprotegidas

À primeira vista, usar uma rede Wi-Fi desprotegida ou aparentemente pública pode ser uma boa alternativa para quem não quer gastar seu pacote 3G ou 4G.

É importante, porém, ser bem cauteloso em relação a estas redes, pois elas podem ser pontos falsos criados por criminosos para ter acesso a seus dados. Desconfie especialmente de qualquer coisa que tenha "grátis" no título.

 

Só use o Bluetooth quando necessário

A não ser que esteja conectado a outro dispositivo - um aparelho de som, fone de ouvido ou carro -, é melhor deixar o Bluetooth do seu PC ou celular desativado durante a viagem.

Além do simples gasto extra de energia, o Bluetooth é um tipo de conexão particularmente vulnerável a hackers, que podem acessar seu dispositivo e seus dados com relativa facilidade.

Se estiver no exterior, considere usar um celular temporário

No caso de estiver planejando uma viagem para outro país, talvez valha a pena investir em um celular temporário, que não tenha seus dados pessoais gravados (como seu smartphone principal certamente tem), para o caso de que ele seja hackeado.

Embora seja uma opção mais custosa e trabalhosa, pode ser uma dor de cabeça a menos caso sofra um ataque do tipo em um país diferentes.

 

Use um antivírus

Sim, esta é uma dica básica de segurança para qualquer usuário de PC e smartphones, mas é sempre importante reforçar: sempre tenha um antivírus instalado.

Há várias opções de programas tanto gratuitos e pagos, incluindo Avast, Norton, McAfee, AVG, Kapersky, etc. Sendo assim, escolha a opção ideal para você e mantenha-se precavido.


Fonte: Uol


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários