Proteção com senha vira mania no WhatsApp; confira resumo de dezembro

Aplicativo cortou o suporte em celulares antigos.

Foto: Ilustrativa

O WhatsApp fecha o ano com quatro importantes novidades que afetam diretamente seus usuários. Em 2017, a plataforma apresentou updates com melhorias e, com a chegada do último mês do ano, deixou de oferecer suporte a alguns celulares antigos; liberou a opção de um botão para anúncios do Facebook; e ampliou opções para edição de fotos no Windows Phone.

Além disso, foi liberado um relatório que mostra o mensageiro como o aplicativo mais protegido por senha do Brasil – evidenciando a preocupação dos usuários com privacidade. Confira o resumo do que ocorreu de mais quente com o WhatsApp em dezembro.

1. Fim do app em smartphones antigos

Desde 31 de dezembro, o WhatsApp não oferece suporte para versões do aplicativo em aparelhos antigos. A medida afeta diretamente usuários de BlackBerry OS, BlackBerry 10 e Windows Phone 8, bem como versões inferiores desses sistemas. Na prática, a decisão é de não disponibilizar atualizações do aplicativo nessas plataformas, o que deixa o mensageiro vulnerável e sem melhorias. É possível, inclusive, que funções comuns parem de funcionar sem aviso prévio.

A justificativa da companhia é de que sistemas antigos apresentam limitações que impedem o uso de funcionalidades complexas e que é necessário migrar para aparelhos mais novos. O WhatsApp tem funcionamento e atualizações garantidas nos sistemas Android 4.0, iOS 7e Windows 8.1 (ou superiores).

 

2. O mais protegido por senha

Segundo dados dos criadores do antivírus PSafe DFNDR, o WhatsApp é um dos apps mais protegidos por senha do Brasil. Esse dado, que está restrito a versão para Android do mensageiro, revela que 30% das pessoas que utilizam a função cofre do app de segurança adicionam criptografia para acessar conversas do WhatsApp.

Com o modo cofre do DFNDR, uma senha é exigida toda vez que o mensageiro é iniciado, o que evita que pessoas leiam as mensagens. Além do WhatsApp, a ferramenta também pode criar código de acessos à outros apps e à galeria de fotos de smartphones com Android.

3. Windows Phone ganha desenhos e emojis

Demorou, mas a possibilidade de desenhar e adicionar emojis chegou ao WhatsApp para Windows Phone 10. Ao atualizar o app, usuários desse sistema podem adicionar desenhos à mão livre e emotions de teclado virtual em fotos feitas pelo aplicativo ou importadas da biblioteca do celular. Com a novidade, a versão para o sistema mobile da Microsoft recebe recursos que há meses estão disponíveis para usuários de iPhone e smartphones Android.

4. Botão do WhatsApp em anúncios do Facebook

Também foi em dezembro que o Facebook apresentou a possibilidade de adicionar um botão do WhatsApp em anúncios. Com o recurso, proprietários de empresas com página na rede social podem oferecer um link direto com seu canal do WhatsApp, seja para tirar dúvidas, oferecer promoções ou finalizar compras. A ferramenta está disponível em todo mundo, exceto na Índia e países que compõem a União Européia.

Segundo o Facebook, a função é ideal para empresas de pequeno e médio porte. Baseados em uma pesquisa do Datafolha, a empresa diz que a opção pode ajudar empreendedores brasileiros, pois 42% dos usuários do WhatsApp já utilizam o app para se comunicar com estabelecimentos comerciais, prestadores de serviços e profissionais autônomos.

 


Fonte: Tech Tudo




Deixe um comentário



Comentários




Moio

acidente

Luto

Moio

Policia

Roubo de caminhonete

Moda

Pinching