Matonense Gabriel Calabres marca gol pelo Santos na Copinha

Time vence Atlético-PR e avança às quartas de final do campeonato.

Gabriel Calabres no centro
Foto: Divulgação/Santos

O futebol não é envolvente, sem grandes dribles ou jogadas típicas de uma geração de sucesso de Meninos da Vila. Com um estilo diferente, mas não menos envolvente, o Peixe segue avançando na Copinha. Nesta segunda-feira, a vítima foi o Atlético-PR, que perdeu por 2 a 0, em Franca, com gols de Calabres (Matão) e Walison Madalena.

O resultado levou o Peixe às quartas de final da Copa São Paulo, fase em que encontra o Internacional, no dia 18 ou 19, em local e hora a definir.

Apesar da superioridade técnica e tática sobre o Furacão, o Peixe precisou de uma ajudinha para abrir o placar. Antes da bola sair dos pés de Calabres, de fora da área, pingar no morrinho artilheiro e enganar o goleiro Juliano para chegar ao fundo das redes, o Alvinegro tinha a posse de bola, mas também dificuldades para entrar na área.
 

O Furacão, comandado pelo ex-zagueiro Marcão, não passava da intermediária santista e só chegou perto do gol de Renan Pastre na bola parada. Os paranaenses reclamaram da não marcação de pênalti em dois lances, um em que a bola bateu na mão do lateral Rhuan e de um contato com o zagueiro Victor dentro da área.

Com a abertura do placar, o Atlético-PR avançou e deu ao Santos a chance de ampliar apostando nas jogadas de contra-ataque. Porém, os comandados por Aarão Alves só conseguiram aumentar os marcados no segundo tempo.

Dominando a partida, os santistas ficaram mais perto do gol e foram às redes após cobrança de escanteio aproveitada por Walison Madalena.

Esta é a melhor campanha do Santos na Copinha desde 2014, quando foi campeão. Nos últimos três anos, o clube havia sido eliminado nas primeiras fases.


Fonte: Lance!


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários