Aprender um idioma abre as portas para o mundo

CCAA já enviou muitos alunos para intercâmbios em diversos países

Foto: Divulgação CCAA

A experiência de viajar para outro país é fascinante. E se a oportunidade permitir a permanência por um tempo maior é melhor ainda. É por isso que o intercâmbio é um dos fatores que mais motivam jovens e adultos a viajar. Estudar e trabalhar em outro país agrega amplo crescimento nos níveis pessoal e profissional, pois as empresas valorizam pessoas que tenham essa experiência.

O intercâmbio promove o desenvolvimento pessoal, aumenta a bagagem cultural, melhora a fluência do idioma, amplia as experiências no trabalho e acrescenta novas possibilidades na carreira. Os países mais procurados atualmente para fazer intercâmbio são Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Inglaterra para o idioma inglês, e Espanha e Chile para o espanhol.

Mas quem tem planos de fazer um intercâmbio precisa se preparar. E o CCAA é especialista nisso. São quase 60 anos de metodologia e 33 anos em Matão ensinando inglês e espanhol. “O aluno aprenderá as quatro habilidades: escutar, falar, ler e escrever, sendo a conversação o nosso maior foco”, explica Ana Molon, diretora do CCAA-Matão.

Gabriel Mascagni, por exemplo, atualmente mora e trabalha em Nova York (Estados Unidos), mas tudo começou com um intercâmbio depois das aulas de inglês. “O grande diferencial do CCAA é a metodologia, em que aprendemos o idioma desde o primeiro nível e sem tradução. Isso ajuda a desenvolver a linguagem naturalmente. É um método ‘descomplicado’ de aprender”, destacou.

Laisa Tamanini, que mora e trabalha na Flórida (Estados Unidos), confirma: “Estou realizando meu ‘American Dream’ porque meus professores do CCAA me prepararam e me incentivaram a chegar até aqui”. Gabriel e Laisa fazem parte dos muitos alunos do CCAA que foram fazer o intercâmbio, com tempo de duração variado e que pode ser estendido. Vários intercambistas se estabilizam profissionalmente, conseguem o visto de permanência no país e acabam não voltando para o Brasil.

Pessoas de qualquer idade podem fazer um intercâmbio. A diretora Ana dá as dicas: “O aluno deve fazer um planejamento do que ele quer, escolher bem o país onde deseja estudar e procurar agências que tenham boas referências. Elas serão as responsáveis em procurar famílias que oferecerão moradia e as escolas e universidades para os estudos. É primordial que o aluno se prepare com a ajuda de um bom curso de idiomas para não passar por muitas dificuldades e não voltar frustrado. O planejamento deve ser antecipado e sem pressa”.

O intercambio é muito importante e faz diferença na vida pessoal e profissional. Encarar esta experiência traz muitas vantagens. Aprender um novo idioma abre as portas do mundo, sendo um investimento que vale à pena ser feito.

TOEFL® (Test of English as a Foreign Language)

É um dos exames sobre a capacidade de entendimento do idioma mais respeitados do mundo. O TOEFL® ITP é a versão adotada pelo CCAA, com uma certificação de autenticidade internacional. A avaliação consiste em audição e reconhecimento de estruturas gramaticais e interpretação de textos, com tópicos e estilos similares aos encontrados pelos candidatos no ambiente acadêmico.

 


Fonte: Carol Salvini


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários