Doméstica perde R$ 2.100 no golpe da panela

Vendedoras ambulantes abordaram mulher no Parque Aliança


Duas mulheres carregando jogos de panela abordaram uma moradora da Rua Guilherme Pedro, no Parque Aliança, e insistiram para ela comprar o material. A doméstica negou várias vezes até que elas forçaram o portão e entraram na casa.

Depois de muita insistência, já que cada jogo de panela custava R$ 500 e se ela levasse duas unidades pagaria ‘só’ mais R$ 100, a mulher se convenceu e pegou o cartão de crédito. As ‘vendedoras’ passaram na máquina portátil, mandaram-na colocar a senha e depois disseram que a transação não foi completada por algum problema e pediram outro cartão.

A mulher, então, disse que só tinha mais um e depois de algumas tentativas, teria dado certo, mas tudo não passava de um golpe. No extrato do cartão constavam saques de R$ 500, R$ 100 e um de R$ 1 mil, totalizando R$ 2.100. De acordo com informações, o material adquirido com as forasteiras golpistas é de péssima qualidade, daria para comprar quase seis de excelente material. Ela procurou a Polícia, mas já soube que vai ser quase impossível recuperar o valor perdido.

Prisão da quadrilha da panela em Peruíbe

Uma quadrilha foi presa em Peruíbe, no litoral de São Paulo, por praticar estelionatos em vários lugares do país. Os criminosos vendiam panelas e outros utensílios de cozinha por um preço padrão.

Ao registrar o valor nas máquinas de cartão de crédito eles aumentavam em dez vezes o preço combinado sem que os compradores notassem. Os suspeitos estavam com diversos carros de luxo, que foram apreendidos.


Fonte: Maury Jr.


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários